Anvisa proíbe produtos para limpeza de piscina

Por Lais Pagoto

Dois produtos usados para limpeza de piscinas foram proibidos pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Barrilha Leve e o Sulfato de Alumínio eram fabricados de forma clandestina pela empresa Aquaquímica Comercial e não possuíam registro, notificação ou cadastro na Anvisa.

Além de sua fabricante não ter autorização de funcionamento, foi comprovado, também, o fracionamento irregular dos produtos. Os demais itens fabricados pela empresa que sejam sujeitos à Vigilância Sanitária também foram proibidos e deverão ser recolhidos do mercado.

Já a Água Sanitária Daclor, fabricada pela Total Química Ltda, sofreu interdição cautelar dos lotes 17/181 E10 e 17/248 E11, após laudos emitidos pela Fundação Ezequiel Dias, de MG (FUNED), apresentarem resultados insatisfatórios para o teor de cloro nos lotes do produto. A decisão é válida por 90 dias.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo