Anvisa proíbe alisantes de cabelo após encontrar substância cancerígena

Por Metro Jornal

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) proibiu a comercialização de quatro alisantes de cabelo após encontrar formal em suas composições. A substância reconhecidamente pode causar câncer, além de vários outros problemas de saúde.

As análises foram feitas pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco.Veja quais foram os produtos que estão proibidos de serem vendidos ou divulgados:

Todos os lotes de:

Maxxsonna Profissional Matutinha
Ingel Maxx Premium Forever Liss Professional

Lotes específicos de:

Forever Liss Btox
Bio Amazônia

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo