Acrobata do Cirque du Soleil morre durante apresentação

Por Ansa

Um trapezista francês caiu durante uma apresentação do Cirque du Soleil em Tampa, na Flórida, neste sábado (17), e morreu. A morte do acrobata só foi confirmada no domingo (18) por meio de uma nota divulgada pela companhia.

Yann Arnaud, 38 anos, sofreu uma queda no palco após ter perdido o controle enquanto apresentava seu número de acrobacia a 4,5 metros de altura. Com o acidente, o espetáculo "Volta" foi interrompido para que ele recebesse atendimento médico. Arnaud foi levado ao Tampa General Hospital, onde já chegou inconsciente e, segundo confirmação do porta-voz do centro médico a um jornal local, ele teria morrido logo em seguida.

"Toda família do Cirque du Soleil está comovida e devastada por essa tragédia", disse o diretor executivo da companhia, Daniel Lamarre. "Estamos oferecendo nossa colaboração completa às autoridades, à medida que examinam as circunstâncias desse acidente. Yann esteve conosco por mais de 15 anos e foi amado por todos que tiveram a chance de conhecê-lo", ressaltou. As outras apresentações de "Volta" que estavam na agenda para a cidade de Tampa foram canceladas após o ocorrido.

A temporada estreou na Tampa Greyhound Track em fevereiro. Não foi a primeira vez que um incidente atingiu os artistas do Cirque. Em junho de 2013, Sarah Guillot-Guyard morreu após cair durante apresentação em um cassino de Las Vegas. O filho de um dos fundadores da companhia, Olivier Rochette também morreu em 201,6 após ter sido atingido por um guindaste em um ensaio.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo