Assessora de Marielle diz que tirou o pé do motorista do acelerador e se jogou pra fora do carro

Por Band News FM

A vereadora Marielle Franco (PSOL_RJ) estava revisando um texto no celular quando foi morta, na noite da última quarta-feira.

 Segundo a jornalista e colunista da BandNews FM Mônica Bergamo, a assessora dela, Fernanda Chaves, que também estava no carro, disse em depoimento que não percebeu o que ocorria na hora em que os tiros foram disparados.

Leia mais:

Amiga de Marielle, Monica Iozzi cancela participação em programa de Otaviano Costa
Página de moradores do Leblon ironiza morte de Marielle: ‘Liga da Justiça’

 Ela conseguiu retirar o pé do motorista, Anderson, do acelereador, para que o carro parasse, e se jogou para fora.

Fernanda acionou o marido, que chamou socorro.

 A assessora foi atingida por estilhaços, levada para o hospital, medicada e enviada para casa, onde ainda permanece em estado de choque.

Além de Marielle, o motorista também morreu.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo