Pancadões preocupam alunos e moradores da Vila Mariana

Por Bruno Capozzi/BandNews FM

Os pancadões preocupam moradores, comerciantes e alunos das faculdades Belas Artes e ESPM que circulam pela Vila Mariana.

Eles alertam que menores de idade trazem bebidas alcoólicas e caixas de som, especialmente às quintas e sextas-feiras.

Quem passa com frequência por ali relaciona esses eventos com os arrastões registrados desde o início do ano.

A estudante de arquitetura Amanda Lemos afirma que "eles trazem a própria bebida na mochila, fazem a rodinha no meio da calçada e trazem a caixinha de som pendurada no pescoço. São todos menores, trazem até narguille".

Com o aumento da violência, o dono de uma padaria próxima às faculdades, Antonio Duarte, diz que a visibilidade está diminuindo porque "a calçada fica lotada de gente bêbada, drogadas. Reflete não só em mim, mas na gráfica, na papelaria, em todas elas que dependem do movimento noturno".

Moradores, alunos e comerciantes ouvidos pela nossa reportagem perceberam um aumento no policiamento nessa região da Vila Mariana por causa da onda de assaltos.

Nós questionamos a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo sobre a relação entre os pancadões e os arrastões no bairro, mas ainda não obtivemos resposta.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo