Mulher de Bernardinho usa morte de vereadora para criticar eventual candidatura

Por Estadão Conteúdo

A ex-jogadora de vôlei Fernanda Venturini, esposa do ex-técnico Bernardinho, usou o assassinato da vereadora Marielle Franco, do PSOL carioca, para criticar uma eventual candidatura do marido ao governo do Rio de Janeiro. Filiado ao Partido Novo, Bernardinho é cotado para concorrer ao Palácio Guanabara este ano.

No Instagram, Fernanda disse que "só tem bandido" na política e, entre as hashtags escolhidas para acompanhar a publicação, estava #melhorsaídaGaleão, em referência ao Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo