Perdeu ou esqueceu algo em trens e estações da CPTM? Saiba o que fazer

Por Metro Jornal

Celulares, carteiras, documentos e tudo que você possa imaginar. Com a correria do dia a dia, é totalmente compreensível que algumas pessoas percam ou esqueçam seus objetos pessoais em trens e estações da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). Mas não se desespere: é possível encontrá-los.

Para se ter ideia de como anda a cabeça do paulistano, a Central de Achados e Perdidos da companhia registrou mais de 72 mil objetos perdidos em 2016. No ano passado, foram quase 78 mil itens.

Por até 60 dias, a equipe do setor tenta encontrar o dono e, quando estes não são localizados, os itens são encaminhados para o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, entidade social mantida pelo Governo do Estado. No caso dos documentos, a maioria é devolvida aos órgãos expedidores, e os cartões de banco são destruídos.

Se você perdeu algo e acha que pode ter sido nas dependências da CPTM, procure a Central de Achados e Perdidos, na Estação Palmeiras-Barra Funda. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, com excessão de feriados. Você também pode entrar em contato pelo telefone 0800 055 0121 ou pelo e-mail: [email protected].

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo