Bancos de leite humano de hospitais municipais de SP necessitam de doações

Por Metro Jornal

Os bancos de leite de três hospitais municipais (Prof. Dr. Alípio Correa Netto, Campo Limpo e Cachoeirinha) estão com os seus estoques abaixo do indicado para o consumo de recém-nascidos e prematuros nas UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) neonatais.

Por conta do estado crítico, a prefeitura está reforçando o pedido para as doadoras que participam do programa de coleta de leite humano domiciliar.

Para doar, é simples: o contato para ser doadora é feito por telefone e, após o cadastro, são realizados exames e a entrevista com orientações sobre como coletar e armazenar o leite.

A doadora deve ser saudável e estar amamentando seu bebê. O leite é retirado na residência da participante pela própria prefeitura, com uma ambulância.

Mais informações pelos telefones: hospital e maternidade Prof. Dr. Alípio Correa Netto (3394-8046), hospital municipal Campo Limpo (3394-7693) e hospital e maternidade Cachoeirinha (3986-1011).

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo