São Bernardo vai cobrar por eventos no Parque de Esportes Radicais

Por Vanessa Selicani - Metro ABC

A Prefeitura de São Bernardo vai cobrar taxas de pessoas ou empresas que queiram utilizar para eventos particulares o Parque da Juventude Città Di Marostica, no Centro, conhecido como Parque de Esportes Radicais.

Os preços, fixados em publicação oficial, variam de acordo com cada parte da área de lazer a ser utilizada. O valor mais barato é para o street mirim, de R$ 300, e o mais caro é para a área de show, R$ 12 mil. O prazo para utilização é de seis horas. O parque é conhecido pela grande quantidade de aparelhos voltados a skatistas.

A prefeitura disse que o preço público foi instituído porque há muita procura do espaço para shows, eventos, filmagens e propaganda. “Assim como em outros espaços, como teatros, o valor arrecadado será revertido ao FAC (Fundo de Assistência a Cultura) e destinado a manutenção do parque, iniciativa que não era realizada na gestão anterior e provocou muitos danos ao parque por falta de manutenção”, disse a administração em nota.

O governo municipal diz ainda ter realizado diversas melhorias no local nos últimos três meses, como troca de 60 lâmpadas, substituição de bocas de leão e  conserto, com a ajuda de voluntários, de 100 buracos do street park.

Polêmica

A cobrança pelo uso do parque público foi criticada por jovens da Batalha da Matrix, evento que realiza toda terça-feira, desde 2013, disputas entre cantores de rap na praça da igreja Matriz.

O grupo solicitou o uso do Parque de Esportes Radiciais para a festa de 5 anos do evento, mas foi informado de que teriam de pagar. “Na cidade de vocês tem que pagar quanto para usar espaço público para eventos culturais sem fins lucrativos?”, publicou ontem a página oficial da Batalha da Matrix no Facebook.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo