Febre amarela: Vacinação continua até o dia 16 na capital paulista

Por Metro Jornal

Pela segunda vez, a campanha de vacinação contra a febre amarela iniciada em 25 de janeiro foi prorrogada. Com pouco mais da metade do público-alvo imunizada – 53% –, a Secretaria Municipal da Saúde estendeu a aplicação da dose – em sua maioria, fracionada.
Os moradores dos seguintes distritos devem se vacinar: Aricanduva, Vila Matilde, Cidade Tiradentes, Guaianases, Parque do Carmo, Cidade Líder, José Bonifácio, Iguatemi, São Rafael, São Mateus, todos na zona leste, e os que vivem no Capão Redondo, Campo Limpo, Vila Andrade, Jardim São Luís, Pedreira, Grajaú, Cidade Dutra, Socorro, Cidade Ademar, Campo Belo, Campo Grande, Santo Amaro, Jabaquara, Cursino e Sacomã, na zona sul.
A ideia da secretaria é imunizar antes os moradores dessas regiões por serem consideradas de maior risco – próximas a matas ou de onde foram encontrados macacos com febre amarela.
Na zona norte, onde a vacinação começou em outubro do ano passado, todos os 90 postos de saúde estão também aplicando a dose.

Mais uma pessoa morre na zona norte

Mais uma pessoa que contraiu febre amarela silvestre dentro da cidade de São Paulo morreu. O paciente é um homem de 55 anos, morador do Tucuruvi (zona norte). Com ele, são quatro as mortes confirmadas em casos autóctones da doença – todos da zona norte.

Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, outros dois homens tiveram a enfermidade confirmada por exames e foram infectados dentro da cidade, ambos moradores da zona norte e que já terminaram o tratamento. 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo