Anvisa suspende e interdita lotes de três medicamentos; veja quais

Por Metro Jornal

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) determinou nesta segunda-feira (26) a suspensão e a interdição de alguns lotes de três medicamentos. A medida foi motivada após serem verificados resultados insatisfatórios no controle de qualidade dos produtos. O Somaflex e o Unasyn tiveram um lote suspenso cada. O genérico Cloridrato de Propranolol sofreu interdição cautelar também em um lote.

Somaflex

Foi determinada a suspensão do lote 917278 do medicamento Somaflex (diclofenaco sódico) 100mg, comprimido revestido, fabricado pela empresa EMS. Sigma Pharma Ltda. Conforme Laudo de Análise Fiscal emitido pelo Instituto Adolfo Lutz, o lote, válido até novembro deste ano, apresentou resultado insatisfatório para a análise de aspecto.

Unasyn

O medicamento Unasyn, sulbactam sódico + ampicilina sódica, pó para solução injetável, 1,0 G + 2,0 G; teve o lote N1791505 suspenso. A empresa fabricante Wyeth Indústria Farmacêutica Ltda. identificou um corpo estranho dentro de um frasco e comunicou o recolhimento voluntário. Assim, está suspensa a distribuição, comercialização e o uso do lote do produto em todo o território nacional.

Cloridrato de Propranolol

Também foi interditado o medicamento genérico Cloridrato de Propranolol, 40mg, comprimido, lote 211151 (Val. 02/2019), fabricado pela empresa Pharlab Indústria Farmacêutica SA. O produto apresentou resultado insatisfatório nos ensaios de rotulagem secundária e aspecto, que avaliam a aparência e as características físicas do produto respectivamente.

O laudo foi emitido pelo Laboratório Central de Saúde Pública do DF como parte do programa Proveme, que coleta e avalia medicamentos disponíveis no mercado. Como medida preventiva, foi determinada a interdição cautelar do lote 211151 do medicamento.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo