Nova vacina contra febre amarela, com menos efeitos colaterais, pode ser lançada

Por Band News FM

O Instituto Butantan está iniciando uma pesquisa para desenvolver uma nova vacina contra a febre amarela. A que está sendo aplicada atualmente no Brasil é de 1940 e, embora segura, ela causa reações colaterais que podem afetar entre 2% e 5% dos vacinados.

A literatura médica aponta ainda uma morte para cada 450 mil doses aplicadas. Os efeitos ocorrem porque a vacina é feita com o vírus da doença atenuado, que é vivo, mas fraco.

Em situações raras, o corpo não consegue conter a multiplicação dele. O Instituto Butantan já conversa com o National Institutes of Health, dos Estados Unidos, sobre a empreitada.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo