Pichações voltam à avenida Lions em São Bernardo do Campo

Avenida de São Bernardo tem paredes sujas e buracos. Prefeitura diz que empresa fará limpeza

Por Vanessa Selicani - Metro Jornal ABC

Às vésperas de completar um ano das ações de combate às pichações em São Bernardo, a avenida Lions volta a ser cenário de vandalismo e abandono.

A via foi a primeira a receber pintura em março passado, logo após o anúncio da Lei Parede Limpa pela prefeitura. Mas a tinta bege utilizada no serviço mostra sinais de desgaste e os rabiscos antigos retornam aos poucos. Há também novas pichações, de pessoas que desafiam as multas estipuladas pelo governo para vandalismo. As penalidades variam entre R$6,5 mil e R$16,3 mil.

Levantamento obtido pelo Metro Jornal no ano passado mostra que 86% dos flagrantes da Lei Parede Limpa acontecem onde há câmeras de monitoramento. A Lions não possui os equipamentos, contando apenas com radares para multas de trânsito no trecho rebaixado.

No viaduto Paolo Lazurri, as paredes também apresentam pichações e estão bastante sujas. O trecho não recebeu manutenção no ano passado, ao contrário do restante da parte rebaixada.

Outro problema recente que contribui para a degradação da via são buracos nas paredes. As placas  dos revestimentos estão deterioradas e pedaços do material caem e se acumulam nas guias.

A Lions é umas das vias mais utilizadas do ABC, com fluxo diário de 15 mil veículos que podem acessar Santo André, Diadema e a via Anchieta.

A prefeitura diz que a avenida está prestes a ter cara nova com a contratação de uma empresa para retirada de pichações. Segundo a administração, é necessário apenas o prazo legal para a assinatura do contrato e início dos serviços – não teve data estipulada. Quanto aos buracos nas paredes, o município informou ter enviado profissionais ao local para vistoria e avaliação dos materiais necessários para os reparos.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo