Justiça manda soltar motorista envolvido em acidente que matou duas mulheres

Por Metro Jornal

A Justiça de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, concedeu habeas corpus e mandou soltar, nesta quarta-feira (21), o empresário Anderson Veloso Micheletti. Ele foi preso em flagrante em 10 de janeiro por suspeita de ter provocado um acidente grave na rodovia dos Imigrantes, que causou a morte de duas mulheres.
No dia do acidente, o Ford Ecosport onde estavam as duas vítimas fatais transportava quatro adultos e quatro crianças. Testemunhas contaram para a Polícia que Micheletti, que dirigia uma Mercedes-Benz, participava de um racha com um Chevrolet Camaro

O empresário Anderson Veloso Micheletti, preso em flagrante no dia 11 de janeiro por suspeita de ter provocado um acidente grave na rodovia dos Imigrantes, conseguiu um habeas corpus nesta quarta-feira (21).

Duas mulheres morreram no acidente. O carro onde estavam as vítimas transportava quatro adultos e quatro crianças. A suspeita é que Micheletti, que dirigia um Mercedes-Benz, participava de um racha com um Camaro.

O motorista estava com a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) cassada desde 2016 e tinha mais de 100 pontos na carteira por multas.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo