Viúva de sargento morto em arrastão no Rio faz homenagem emocionante

Por Metro Jornal

A viúva de um sargento morto durante um arrastão na zona norte do Rio de Janeiro, na última terça-feira (20), usou seu perfil no Facebook para fazer uma homenagem ao marido.

Bruno Albuquerque Cazuca foi vítima de bandidos que faziam um arrastão na antiga Estrada Rio-São Paulo, em Campo Grande. Ele dirigia um Kia Picanto cinza quando foi abordado pelos criminosos, armados com pistolas. A polícia investiga se os criminosos executaram o sargento após ver o uniforme ou se o militar reagiu à abordagem.

Leia mais:
Senado aprova decreto e autoriza intervenção federal no Rio
Intervenção no Rio: Procuradoria diz que mandado coletivo pressupõe que moradores de bairros pobres são “naturalmente perigosos”

Lara Maria Rodrigues falou sobre sua dor após o assassinato:

"Hoje perdi uma peça fundamental do meu xadrex. Um dos pilares da minha vida. Uma dor que dói na alma. Meu amor, um exemplo de homem, uma pessoa justa, integra, que amava sua profissão e familia."

 

Em seguida, Lara publicou um trecho da canção das Forças Especiais:

"Quando a luta cerrar os seus punhos
exigindo o sangue do audaz
quando o medo atingir o mais forte
misturando o pavor com a morte
vai erguer-se um guerreiro do chão
destemido imortal varonil
com orgulho de ser um soldado
das forças especiais do Brasil.

Teamoeternamente
Dói."

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo