Mulher é presa com maconha e mais tarde descobre que era só erva mate

Por Metro Jornal

Uma mulher de 32 anos foi enganada ao comprar maconha. No lugar da droga, traficantes paraguaios forneceram a ela erva mate de tereré, usada para preparar a bebida consumida principalmente na região sul do Brasil.

O caso aconteceu em Ponta Porã, a 326 km de Campo Grande, quando a suspeita realizava uma viagem de ônibus que iria até Dourados na última segunda-feira (19). Ao ser abordada por agentes da Polícia Rodoviária Federal, a mulher disse não saber o conteúdo do pacote que transportava e alegou ter sido contratada somente para buscar a encomenda. Ela levaria a droga para Diadema, na região do ABC paulista.

Depois de ouvida pelos policiais, a suspeita confessou que havia recebido R$ 1 mil pelo trabalho e foi liberada em seguida. A pena por tráfico de drogas pode variar de 5 a 15 anos de prisão.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo