Febre amarela: Vigilância Sanitária lança campanha contra massacre de macacos

Por Metro Jornal

A Vigilância Sanitária do Rio de Janeiro lançou, nesta quarta-feira (21), a campanha "O macaco não é só vítima, mas um grande aliado no combate à febre amarela".

O objetivo é conscientizar os cariocas sobre a importância desses animais para o combate à doença.

Só neste ano, 170 macacos já foram encontrados mortos na cidade do Rio e 325 em todo o Estado, sendo 53,5% vítimas de agressão humana, como espancamento e envenenamento.

Além do crime ambiental que é matar um desses primatas, Um macaco encontrado morto pode significar que na área onde estava tenha o mosquito responsável pela doença e isso facilita evitar a disseminação da febre amarela.

Cartazes, placas e folhetos estão sendo distribuídos à população e afixados em parques e trilhas da cidade. A orientação é não tocar nos animais.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo