Terceiro bebê de grávida de trigêmeos tem morte confirmada

Por Metro Jornal, com Estadão Conteúdo

O terceiro bebê da grávida de trigêmeos que morreu após sofrer uma parada cardíaca teve sua morte confirmada nesta terça-feira (20). Ele estava internado em estado grave na Santa Casa de Jales, no interior de São Paulo, desde domingo.

Gisele Cristina Sanches, de 39 anos, estava no sétimo mês de gestação e realizava um chá de bebê, quando passou mal e teve de ser encaminhada para o centro hospitalar. Horas após o evento, a mãe de trigêmeos foi submetida a uma cirurgia de emergência, realizada para a retirada dos bebês, e sofreu uma parada cardíaca fatal. Seu corpo foi enterrado na manhã desta terça-feira.

Um menino havia nascido morto. Outra menina não resistiu e faleceu nesta manhã. Agora, foi confirmada a morte da terceira criança.

Leia também:
Casal é conduzido à delegacia após levar bebê de 1 ano a motel
Bebê nasce em viatura dos Bombeiros no interior de São Paulo

Filha do "Soneca", dono da Tornearia Mecânica, Gisele era muito conhecida na cidade e, apesar de se tratar de uma gravidez de risco por conta de sua idade, parentes dizem que a gestação foi tranquila. Mas em razão de alguns inchaços, no corpo ela passou por consulta na semana passada no Hospital de Base, em São José do Rio Preto, e foi liberada pelo médico.

A família reclama do fato de ela não ter permanecido internada. O hospital, por sua vez, alega não divulgar informações sobre o atendimento aos pacientes devido a questões como "sigilo médico" e direito à "privacidade".

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo