Entenda por quê mil motoristas estão sendo multados a mais por mês no aeroporto de Guarulhos

Por William Kury/Rádio Bandeirantes

Nos últimos 3 meses, quase 8 mil carros foram multados no desembarque do aeroporto de Guarulhos. A principal infração: estacionar em local indevido.

O problema é que as regras não são claras e pouca gente sabe o que pode ou não pode ser feito. As placas de trânsito informam que é proibido estacionar, exceto para embarque ou desembarque.

 O Código de Trânsito não regulamenta este tipo de operação e aí vale o humor do agente de trânsito.

Em novembro passado, um acordo do aeroporto com a prefeitura de Guarulhos estabeleceu tolerância zero. A fiscalização é feita pelos agentes da CET e por dezenas de câmeras estrategicamente posicionadas.

Para o presidente da Comissão de Trânsito da OAB São Paulo, Maurício Januzzi, a sinalização é falha e deixa claro que o objetivo é multar.

Na prática, o motorista só pode parar no desembarque se o viajante recém-chegado já está lá, parado na calçada com a mala na mão.

Depois que foi adotada a tolerância zero no desembarque, cerca de mil multas por mês são aplicadas a mais do que era antes. Em três meses, os cofres da prefeitura de Guarulhos arrecadaram mais de um milhão de reais apenas com as autuações no local.

A GRU Airport, empresa que administra o aeroporto, foi procurada, mas disse que não é responsável pela área do desembarque externo.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo