Câmara de Santo André não possui laudo que atesta segurança

Precisando de manutenção no sistema elétrico, Legislativo contratou instituto para fazer análise estrutural do edifício

Por Cadu Proieti - Metro Jornal ABC

A Câmara Municipal de Santo André, localizada na praça Quarto Centenário, em local tombado como patrimônio público, não tem AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros). O documento é emitido pela corporação  após avaliação e constatação de que a edificação possui as condições de segurança necessárias por lei contra incêndio, o que não é o caso do edifício do Legislativo andreense, que foi inaugurado em 1968.

“Não tem porque é um prédio antigo e que está em fase de readequação, que impõe algumas medidas. E nem sempre o Condephat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico)  autoriza”, argumenta o presidente da Câmara, Almir Cicote (PSDB).

O Corpo de Bombeiros informou que foram solicitadas vistorias em 2015 e 2016, e ambas não foram aprovadas. “Dessa forma, a Câmara precisa fazer uma nova solicitação para que, se estiver tudo dentro das normas, o AVCB seja expedido”, diz a nota da corporação.

Segundo Cicote, é necessário fazer manutenção do sistema elétrico do edifício, mas antes é preciso avaliar a estrutura do local. A reportagem viu fiações aparecendo no lado de fora e rachaduras na alvenaria.

Para pode fazer as intervenções, a Câmara contratou, em janeiro, o Falcão Bauer Centro Tecnológico, instituto especializado em análises técnicas, para fazer a avaliação estrutural do prédio do Legislativo. Serão investidos R$ 47 mil no estudo.

Segundo Cicote, o levantamento também irá verificar as condições das pilastras, que receberam obras de reforço entre 2013 e 2014, e da laje, que passou por serviço de impermeabilização em 2016. “Antes de fazer qualquer coisa, queremos que faça um novo laudo estrutural. Não estamos prevendo nenhuma obra de embelezamento, mas sim de segurança”, afirmou o presidente da Câmara. Ele não deu prazo para o término da análise e realização da reforma do prédio.      

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo