Viajou no Carnaval? Veja tudo o que rolou na folia

Por band.com.br

O Carnaval de 2018 deu o que falar. Teve Ivete Sangalo dando à luz as gêmeas Helena e Marina, Cleo Pires exibindo os seios na Sapucaí, Sabrina Sato utilizando uma coleira com o nome do noivo e desfiles com crítica social no Rio de Janeiro.

Daniela Mercury mostrou que é a verdadeira rainha do axé e colocou todo mundo para dançar ao som de Banzeiro. Com todo esse sucesso, ela conquistou o Troféu Band Folia como a melhor música do ano.

Se você preferiu aproveitar a folia longe do agito, pode ficar tranquilo, o Portal da Band preparou uma lista com os destaques para você ficar bem informado e poder estar por dentro de todos os bafões nas conversas com os amigos.

Mamãe Ivete Sangalo

Ivete sangalo Reprodução/Instagram

Ivete Sangalo não subiu no trio elétrico no Carnaval deste ano, mas fez a folia na maternidade. Na madrugada do sábado, dia 10, a cantora deu à luz as gêmeas Helena e Marina. As meninas nasceram pesando cerca de 3kg cada uma. As crianças são frutos do casamento de Ivete com o nutricionista Daniel Cady. Eles também são pais de Marcelo, 8 anos.

A baiana ainda ganhou muitas homenagens durante os dias de festa. Márcio Victor, vocalista do Psirico, fez um cosplay da amiga grávida, e os fãs circulavam no circuito Barra-Ondina com máscaras de Veveta.

Daniela Mercury leva troféu Band Folia

Daniela Mercury Kelly Fuzaro/Band

Daniela Mercury colocou adultos e crianças para dançar ao som de Banzeiro durante todos os dias da folia de Salvador. Com todo esse sucesso, a canção acabou eleita a melhor música do Carnaval 2018 no Troféu Band Folia. Ao todo, a enquete no Portal da Band teve quase um milhão de votos.

"Banzeiro acabou pegando no coração de todo mundo. Era improvável de ser a música do Carnaval, porque era bem tradicional. A criançada adora porque não sabe o que significa. Ninguém sabe o que significa. É uma ótima música porque todo mundo pode se vestir de Priprioca, Pororoca e de todos os outros nomes que aparecem na música. Mas nem me pergunte, porque eu acho que eu nem sei mais o que significa cada coisa", assumiu a baiana.

Sabrina Sato na versão Luma de Oliveira

Sabrina Sato Reprodução/Instagram

Sabrina Sato deixou todo mundo babando com o seu corpão durantes os desfiles das escolas de samba. Em São Paulo, ela foi rainha de bateria da Gaviões da Fiel; no Rio de Janeiro, a japa puxa os ritmistas da Vila Isabel.

No entanto, a apresentadora deixou a sua versão mais ousada para a segunda-feira, dia 12, quando curtiu a folia separada do namorado. Enquanto ela era musa de um camarote na Sapucaí, Duda Nagle foi para Salvador, na Bahia. Sabrina então aprontou das suas e apareceu com uma coleira com o nome do ator.

O figurino imitava o usado por Luma de Oliveira, que no Carnaval de 1998 desfilou pela escola Tradição com uma coleira em que estava escrito “Eike”, referência ao empresário Eike Batista, então seu marido.

Cleo Pires e os seios à mostra

Cleo Pires Reprodução/Instagram

Os adesivos para seios fizeram sucesso pelas ruas de todo o Brasil durante o Carnaval, várias famosas também aderiram à moda. Porém, ninguém chamou mais a atenção do que Cleo Pires.

A atriz deixou os seios à mostra nos dois dias de desfiles das escolas do Rio de Janeiro. No domingo, dia 11, ela customizou um abadá em forma de coração, tapando apenas os mamilos. Já na segunda-feira, dia 12, a morena optou por um modelito de um ombro só, deixando à mostra só um dos seios.

Bruna Marquezine sensual e na ponte aérea

Bruna Marquezine Reprodução/Instagram

Bruna Marquezine causou no sábado, dia 10, de Carnaval, quando apareceu com uma fantasia reveladora no Bloco da Favorita, no Rio de Janeiro. Ela ainda fez questão de lembrar de Neymar, utilizando brincos com as inicias B e N.

Após a folia, a atriz embarcou para Paris, na França, onde curtiu os dias de folga ao lado do atacante, que devido aos compromissos com o PSG não teve como vir ao Brasil curtir a folia com a amada.

Crítica da Paraíso do Tuiuti

carnaval do rio de janeiro 2018 paraíso do tuiuti Desfile da Tuiuti chamou a atenção por fortes críticas políticas / Brazil Photo Press/Folhapress

Com o desfile mais politizado em muitos anos de Sapucaí, a Paraíso do Tuiuti fez história ao falar da escravidão no Brasil. A comissão de frente emocionou ao mostrar o sofrimento dos escravos. Houve ainda críticas à Reforma Trabalhista, aos manifestantes com a camisa da Seleção Brasileira e panelas e até ao presidente Michel Temer, representado como um vampiro em um dos carros alegóricos.

Carnaval na 23 de Maio é sucesso

23 de maio Brazil Photo Press/Folhapress

A Avenida 23 de Maio, uma das principais vias de São Paulo, entrou pela primeira vez no circuito de blocos da capital paulista, e teve grande aceitação popular. De acordo com dados da prefeitura municipal, mais de 1,2 milhão de pessoas curtiram as atrações da região.

O local chegou a receber muitos turistas, principalmente das cidades do interior de São Paulo, que optaram por comemorar a data na Terra da Garoa.

O ponto negativo ficou por conta da filas enormes para os banheiros químicas. Mesmo com multa de R$ 500 para quem fizesse xixi na rua, muitas pessoas foram flagradas urinando em locais públicos.

Acadêmicos do Tatuapé conquista o bi

Acadêmicos do Tatuapé é a atual campeã Paulo Whitaker/Reuters

Pelo segundo ano seguido, a Acadêmicos do Tatuapé é a campeã do Carnaval de São Paulo. A escola de samba entrou na avenida na madrugada do último sábado, dia 10, com um enredo potente sobre o estado do Maranhão.

A escola da Zona Leste se destacou com o enredo Maranhão, os Tambores vão Ecoar na Terra da Encantaria, que contou a história do estado a partir das particularidades de seu povo, de sua riqueza cultural e das festas típicas, como o Bumba Meu Boi.

Em 2017, a agremiação havia vencido o carnaval paulistano com o enredo Mãe África Conta a Sua História: do Berço Sagrado da Humanidade à Abençoada Terra do Ouro. O segundo lugar ficou com a Mocidade Alegre, seguida pela Mancha Verde, na terceira colocação.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo