Sucesso nos blocos de rua de São Paulo, plaquinhas ajudam na hora da paquera

Por Band.com.br

“Trago o amor da sua vida em um beijo”, “Caiu na rede é peixe”. Essas eram algumas das frases usadas em plaquinhas que os foliões levaram às ruas, nesse domingo (11), na Avenida 23 de Maio, em São Paulo. Abusando do humor e da criatividade, os jovens assumiram que as placas ajudam na hora da paquera.

A vendedora Júlia Meloto acredita que usar o item já anuncia que a pessoa pode ser solteira e, com isso, o papo fica mais fácil de sair. A dela dizia “Caiu na rede é peixe” e acompanhava a fantasia de sereia. “Sim, é para se divertir. A galera chega, conversa, é tudo respeitoso”, falou.

Vestida de noiva, a plaquinha de Gabriella Costa, 18 anos, anunciava “Sonhei que estava me casando e acordei no desespero”. “Eu quero arrumar um namorado. Talvez encontre aqui. Às vezes, nos lugares mais improváveis, a gente acha um namorado, né?”.

A jovem de 18 anos acha que a placa atrai os crushs que já chegam puxando assunto. “Me arrependi um pouco porque sou tímida, aí fico sem graça quando falam comigo”.

Já para o economista Gabriel Lima, a plaquinha não é só um item do Carnaval, mas também um “manto da sorte”. “Só ontem, em um bloco na Faria Lima, beijei 16 garotas”, disse.

Veja imagens:

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo