Pastor é denunciado por assassinato de pastora em Goiás

Por Metro Jornal com Agências

 

O Ministério Público de Goiás denunciou nesta sexta-feira o pastor Alexandre de Souza e Silva, 47 anos, pela morte da pastora Ailsa Regina Gonzaga, 40 anos, no final do ano passado.

Ailsa sumiu após sair de casa para alugar um imóvel em Goiânia e não foi mais vista. Na ocasião, ela deixou os dois filhos, de 15 e 11 anos, em casa.

Em novembro do ano passado o pastor foi preso e confessou à polícia que havia matado Ailsa durante uma discussão e ocultado seu corpo na zona rural de Aragoiânia, na Região Metropolitana de Goiânia.

Segundo a polícia, os dois mantiveram um relacionamento amoroso por mais de um ano, mas Alexandre também tinha outra mulher em Brasília, motivo de inúmeras brigas e discussões

O Ministério Público o acusa de 'feminicídio e ocultação de cadáver'.

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo