Frentista suspeito de matar dois no pré-Carnaval tem prisão temporária decretada

Por BandNews FM

O funcionário de um posto de combustível que, armado, matou dois jovens e feriu outro na noite de sábado na região de Pinheiros, na zona oeste, deve ter a prisão temporária decretada pela justiça a pedido da polícia, que não divulgou o nome do atirador.

+ O frentista e uma segunda pessoa, ainda não identificada, aparecem nas imagens de câmeras de segurança sacando duas armas. O crime ocorreu na esquina da Avenida Rebouças com a Rua Joaquim Antunes.

+ O funcionário é o único que atira contra as vítimas ao se ver cercado e ser agredido durante uma discussão com um grupo de 12 pessoas que voltavam de um bloco carnavalesco e queriam utilizar o banheiro.

+ Como o local estava interditado para manutenção e lá havia muitas caixas de papelão, os funcionários permitiram que somente as mulheres utilizassem aquela área.

+ No entanto, todo o grupo começou a urinar, momento em que teve início o bate-boca.

+ O irmão de Rodrigo Beralde da Silva – jovem que sobreviveu e continua internado – não quis se identificar, mas falou rapidamente com a imprensa na porta do hospital e disse que Rodrigo "vai sair dessa".

+ A prisão temporária do frentista foi solicitada pelo delegado Roberto Krasovic. As duas vítimas que morreram foram identificadas como Bruno Gomes de Souza e João Batista de Moura e Silva.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo