Frentista acusado de matar dois homens no Carnaval tem prisão decretada

Por Metro Jornal São Paulo
Reprodução/Band
Frentista acusado de matar dois homens no Carnaval tem prisão decretada

O frentista Manoel Santos Silva teve a prisão preventiva decretada e está sendo procurado pela polícia. Ele é acusado de matar dois homens na noite de sábado, durante uma briga no posto em que trabalha, na avenida Rebouças (zona oeste).

O delegado responsável pelo caso, Roberto Krasovic, do 14º DP (Pinheiros), disse que o frentista será indiciado por homicídio doloso, quando há intenção de matar.

Vídeo gravado por câmera de segurança mostra o funcionário atirando contra o grupo de amigos. Três homens foram atingidos. O professor de educação física Bruno Gomes de Souza, 31 anos, e o metalúrgico João Batista Moura da Silva, 31, morreram. O empresário Rodrigo Beralde da Silva, 35, continua internado.

A briga teria acontecido  porque o grupo, que tinha saído de bloco de Carnaval, urinou no depósito de lixo.  

Loading...
Revisa el siguiente artículo