"Câmera foi instalada indevidamente", diz Doria sobre caso do folião eletrocutado

Por Da AE

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta terça-feira que vai aguardar o laudo final da Polícia Civil antes de se pronunciar sobre a morte do folião que foi eletrocutado ao encostar em um poste em que estava instalada uma câmera de segurança da Prefeitura.

"Estamos aguardando laudo final da Polícia Civil para um posicionamento final da prefeitura de São Paulo" , disse o tucano, repetindo a informação de que a instalação dessa câmera em específico não foi autorizada pela Prefeitura. "Ela foi instalada indevidamente e em condições técnicas inadequadas", disse o prefeito.

LEIA MAIS:
Jovem eletrocutado no pré-carnaval é enterrado em São Paulo

Responsável pela infraestrutura do carnaval de rua de São Paulo, a empresa Dream Factory lamentou o ocorrido com o estudante e reforçou que somente a perícia dos órgãos competentes poderá informar se a causa da morte está ou não associada à instalação das câmeras da GWA System.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo