Primeiro dia de vacinação contra a febre amarela nas escolas em São Bernardo tem baixa adesão

Por Renan Sukevicius, da BandNews FM
Estoque de vacina contra a Febre Amarela - Neto Talmeli/Folhapress
Primeiro dia de vacinação contra a febre amarela nas escolas em São Bernardo tem baixa adesão

O primeiro dia de vacinação contra a febre amarela em escolas de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, teve baixa adesão. A prefeitura da cidade adiou a volta às aulas nesta segunda-feira (5) para utilizar as dependências das unidades de ensino para aplicar doses da vacina.

Os pais e responsáveis pelos alunos foram informados no sábado de que o ano letivo começará só no dia 19  – no entanto, se a procura pela imunização for baixa, as aulas podem voltar já na quinta-feira, dia 8, segundo a gestão Orlando Morando, do PSDB.

A reportagem da BandNews FM esteve empais e responsáveis pelos alunos foram informados no sábado de que o ano letivo começará só no dia 19 frente à escola municipal Cecília Meirelles, no bairro Baeta Neves, onde ninguém entrou para se vacinar durante 1h30.

Distante 700 metros da escola, a Unidade Básica de Saúde Baeta Neves não tinha filas para a vacinação  – outras 34 UBSs também estão aplicando vacinas contra a febre amarela no município. 

Segundo a prefeitura, há doses disponíveis em 102 escolas; nas outras 71 escolas não há aulas nem aplicação de vacina, caso da EMEB professora Annita Margini Guedes, na mesma região, onde os funcionários estavam trabalhando sem alunos.

Na semana passada, um homem foi diagnosticado com febre amarela na cidade, ficou internado e passa bem; ele esteve em Mairiporã.

Loading...
Revisa el siguiente artículo