Pré-carnaval leva quase 4 milhões de foliões aos blocos de rua de São Paulo

Por Estadão Conteúdo

O fim de semana de pré-carnaval atraiu 3,95 milhões de foliões às ruas da capital paulista neste sábado, 3, e domingo, 4, durante 187 desfiles de blocos, segundo balanço divulgado pela Prefeitura de São Paulo nesta segunda-feira, 5. Ainda de acordo com a gestão municipal, a "lei do xixi", que prevê multa de R$ 500 para quem urinar em vias públicas, emitiu cerca de 100 notificações somente nas regiões da Sé, no centro, da Vila Mariana, na zona sul, e de Pinheiros, na zona oeste, onde os maiores blocos se concentraram.

A Prefeitura explicou, em nota, que a estimativa de público do carnaval de rua é feita por agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM), da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), produtores da comissão de carnaval e organizadores dos blocos.

Os números divulgados nesta segunda confirmam a consolidação da festa de rua em São Paulo. O movimento começou de forma tímida há nove anos e passou a ganhar corpo em 2015, quando 270 blocos levaram às ruas 1,5 milhão de foliões. No feriado de carnaval, a marca de 4 milhões de pessoas deve ser superada com folga.

No sábado, a administração municipal divulgou que 2 milhões de pessoas foram às ruas da capital. Os blocos que atraíram mais público foram Casa Comigo, Beleza Rara (da Banda Eva), Bicho Maluco Beleza (do cantor Alceu Valença), Mamãe Eu Quero e Toca Um Samba Aí (do grupo Inimigos da HP).

Já no domingo, os blocos com maior número de foliões foram Acadêmicos do Baixo Augusta, Fuzuê, Confraria do Pasmado e Monobloco. Os organizadores do Baixo Augusta afirmaram que o desfile do grupo teve público de 1 milhão de pessoas.

A Prefeitura divulgou ainda que os profissionais de saúde atenderam 982 ocorrências durante o pré-carnaval, das quais 900 foram por meio de serviço médico contratado e 82 pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Lixo e xixi

As equipes de limpeza da Prefeitura recolheram cerca de 455,3 toneladas de lixo e 9,1 toneladas de matérias recicláveis, o que totalizou 464,5 toneladas de resíduos coletadas.

Na semana passada, a gestão municipal informou que intensificaria a fiscalização da Lei 57.983/17, a "lei do xixi", durante o carnaval, com 20 equipes com oito agentes ligados à Secretaria Municipal das Prefeituras Regionais.

A Prefeitura não divulgou no balanço desta segunda, porém, quantas multas foram aplicadas em todas as regiões da cidade, apenas o número de cerca de 100 notificações nas regiões da Sé, da Vila Mariana e de Pinheiros.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo