Foliões acionaram 39 vezes botão de emergência no Metrô durante o fim de semana

Por Da AE
A7 Press/Folhapress
Foliões acionaram 39 vezes botão de emergência no Metrô durante o fim de semana

A Secretaria Estadual dos Transportes Metropolitanos informou nesta segunda-feira, 5, que o botão de emergência nos trens do Metrô foram acionados 39 vezes no último fim de semana. A cidade foi tomada por foliões em blocos de pré-carnaval, mas esse mau comportamento, diz a pasta, fez com que as linhas fossem desenergizadas 15 vezes, o que também ocorreu em razão da existência de passageiros sentados na plataforma com as pernas voltadas para a via.

Em nota, a secretaria diz que os problemas causados por esses foliões fez com que as operações parciais nas linhas somassem 2h44. "O botão soco foi disparado irregularmente 39 vezes no último fim de semana, 25 delas na Linha 4-Amarela, 8 na Linha 2-Verde e outras 6 nas demais linhas de metrô. Além disso, na Linha 4-Amarela a alavanca de emergência foi acionada 9 vezes", detalhou a pasta.

O balanço informou ainda que, no mesmo período, cinco usuários foram retirados das plataformas do sistema metroviário por estarem em situação de risco. Houve ainda um caso de um passageiro que tentou embarcar entre os vagões, mas foi contido pelos seguranças.

A secretaria informa que essas ocorrências provocaram desenergização das vias por 9 vezes no sábado, 3, durante 24 minutos e 6 vezes no domingo, causando 20 minutos de interferência na circulação dos trens. Na Linha 4-Amarela, houve 2 paradas com um total de 2 horas de operação parcial em função desses problemas.

"É fundamental que os cidadãos curtam o carnaval com civilidade e respeito aos demais usuários e ao patrimônio público. Esse tipo de ocorrência prejudica todo o sistema metroviário e, consequentemente, o atendimento à população. Estamos fazendo operação especial em função do carnaval devido à maior demanda e pedimos a colaboração e conscientização de todos para o uso adequado dos trens e estações", declarou por nota o secretário dos Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni.

Loading...
Revisa el siguiente artículo