Saúde vai ‘caçar’ quem não se vacinou contra a febre amarela na zona norte

Por Metro Jornal São Paulo
EPA
Saúde vai ‘caçar’ quem não se vacinou contra a febre amarela na zona norte

Depois de reclamações dos moradores da zona norte que não encontravam mais vacina contra a febre amarela em todos os postos da região, a  Secretaria da Saúde começou ontem a ir de casa em casa para procurar quem mora ou trabalha na região e ainda não se imunizou para tomar a dose.

Ontem, os agentes foram a 4.648 imóveis e encontraram 559 pessoas que ainda não foram vacinadas. Elas devem receber senhas para tomar a dose. Na região, a vacinação em massa foi suspensa 24 de janeiro.

A zona norte foi a primeira da cidade a oferecer as doses nos postos de saúde, desde setembro do ano passado. Em outubro, a campanha foi ampliada após exames confirmarem que um macaco encontrado morto no Parque do Horto Florestal tinha febre amarela.

Foram vacinadas 1,366 milhão de pessoas na zona norte, 58% da meta. Mas esse pode não ser o índice real de pessoas vacinadas na região. “Sabemos que tivemos uma procura muito grande de moradores que não são da região nesses meses de campanha”, explicou o coordenador de saúde da região norte, José Mauro Correa.  

Loading...
Revisa el siguiente artículo