Justiça manda soltar filho do pedreiro Amarildo

Por Agência Brasil
Fernando Frazão/Agência Brasil
Justiça manda soltar filho do pedreiro Amarildo

O juiz Roberto Câmara Lacé Brandão, da 31ª Vara Criminal, determinou o relaxamento da prisão de Amarildo Gomes da Silva, filho do ajudante de pedreiro Amarildo de Souza, assassinado na Rocinha em 2013, cujo corpo não foi encontrado até hoje. O rapaz foi preso em flagrante em outubro de 2017, e denunciado por posse de drogas e de arma e de associação ao tráfico.

De acordo com o juiz, o prazo da prisão preventiva foi extrapolado, já que o Ministério Público estadual ainda não apresentou na denúncia as provas que justifiquem a permanência de Amarildo na cadeia.

Na decisão, determinando a soltura do réu, o juiz Roberto Câmara observa que, "passados mais de três meses, a prova oral acusatória sequer foi iniciada, sendo que as delongas na instrução não podem ser atribuídas nem ao réu, nem a sua defesa técnica. A custódia cautelar sendo mantida nessas condições, estaria a ensejar inegável constrangimento ilegal por excesso de prazo”.

Loading...
Revisa el siguiente artículo