Menino de 3 anos morre depois de tomar vacina

Secretaria da Saúde de Osasco diz que é prematuro atribuir caso à dose

Por Metro Jornal São Paulo

Um garoto de pouco mais de três anos morreu no último dia 19, cinco dias depois de tomar vacina contra a febre amarela. M.P. apresentava febre, vômito e teve convulsão durante consulta médica no Hospital Renascença, de Osasco. Foi entubado, mas não resistiu e morreu. A família suspeita de reação à vacina.

A Secretaria Municipal de Saúde de Osasco informou ontem, por meio de nota, que já contatou a Secretaria Estadual de Saúde para que investigue se a morte da criança foi por reação à vacina e disse que ainda é prematuro afirmar que o óbito foi provocado pela dose, o que só poderá ser confirmado pelo Adolfo Lutz. De acordo com a pasta, a  criança apresentava encefalite.

Cuidados

A médica Ana Karolina Barreto, da Asbai (Associação Brasileira de Alergia e Imunologia), disse que poucas pessoas apresentam dores no corpo e febre alguns dias após tomar a vacina, mas que os sintomas somem em um ou dois dias. “No caso das crianças, pode ser mais difícil identificar, mas, se os sintomas continuarem, é necessário consultar um médico”, ressalta.

A vacina é segura após os nove meses, disse. Antes de levar os pequenos aos postos, Ana recomenda que se verifique se eles estão em área de risco e se estão saudáveis, sem nada que comprometa o sistema imunológico.

 

arte

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo