Adolescente que deixou filho morrer de fome é presa

Por Metro Jornal

Uma adolescente de 17 anos foi presa na Rússia por deixar o filho morrer de fome. Viktoria Kuznetsova, moradora da cidade de Rostov (cerca de 200 km de Moscou), foi condenada a seis anos e meio pela Justiça russa.

Leia mais:
Boliviano envolvido em morte de casal será deportado
Família de Taylor Swift é ameaçada de morte por stalker

De acordo com o jornal Daily Mail, a garota se sentia obrigada a ficar em casa à noite por conta da criança. Após o marido ser convocado pelo serviço militar, ela deixou o bebê no carrinho e saiu com amigos, durante uma semana. Kuznetsova voltou apenas uma vez, para colocar água para o cachorro da família.

A autópsia revelou que Egor, de nove meses, morreu de atrofiação dos órgãos internos, por falta de comida e água. A polícia o encontrou já morto e entrando em estado de decomposição.

Kuznetsova tentou colocar Egor na fila de adoção e até conseguiu, mas quando ele completou sete meses o orfanato o devolveu. Ao ser presa, a adolescente se mostrou preocupada com o que aconteceria com ela mesma, mas não chegou a questionar sobre o filho. O pai de Egor entrou com um pedido de divórcio.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo