Para secretário de SP, pânico prejudicou campanha contra febre amarela

Por BandNews FM

O secretário municipal da Saúde de São Paulo, Wilson Pollara, afirma que toda a programação de imunizar a população da cidade foi prejudicada pelo pânico das pessoas em relação à febre amarela.

De acordo com Pollara, foi impossível controlar a correria das pessoas nos postos de saúde nesses últimos dias.  Ele destacou que a principal área de risco é zona norte da capital paulista, onde foram vacinadas um milhão de pessoas.

A Secretaria Municipal de Saúde ressaltou que a campanha contra a doença na cidade vai começar no dia 26 de janeiro em função do feriado de São Paulo.

No restante do estado, as doses fracionadas começarão a ser aplicadas pelos postos de saúde no dia 25 deste mês.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo