Santo André inicia programa para pavimentar 200 km

Por Cadu Proieti - Metro Jornal ABC
No Camillópolis, há casos críticos, diz prefeito | Alessandro Valle/ABCDigipress
Santo André inicia programa para pavimentar 200 km

A Prefeitura de Santo André, na Grande São Paulo, promete iniciar na segunda quinzena de fevereiro o programa Rua Nova, que prevê o recapeamento de 200 quilômetros de vias da cidade até 2010, quando o  mandato do prefeito Paulinho Serra (PSDB) chega ao fim.

A ação deve revitalizar 20% de todo o asfalto – o município diz ter cerca de mil quilômetros de ruas pavimentadas. “A gente não tem um projeto amplo de pavimentação há muitos anos.

O último foi feito em 1996 (gestão de Newton Brandão, morto em 2010). Foi um compromisso que assumimos na campanha eleitoral e vamos iniciar agora em 2018”, afirmou o chefe do Executivo.

Paulinho disse que o programa será iniciado por bairros do 2º Subdistrito e deve refazer a pavimentação de 30 quilômetros de vias neste primeiro ano. Segundo o prefeito, está em elaboração um diagnóstico em toda a cidade para avaliar quais locais receberão a ação nos próximos anos.

“Preliminarmente, sabemos que há pontos bem debilitados na  Cidade São Jorge e Camilópolis. Não falta demanda. Mas vamos criar um cronograma levando em conta prioridade,  quantidade de veículos que passa pela via e a importância dela para o trânsito local.
Esse levantamento fica pronto na próxima semana.”

No total, o programa deve receber aproximadamente R$ 200 milhões em investimento, disse o prefeito, sendo R$ 40 milhões para este primeiro ano de ações. Paulinho afirmou que 90% da verba é municipal e os 10% restantes são convênios feitos com o governo estadual.   

Alguns pontos devem receber mais verba que outros. “Não podemos dizer que cada quilômetro vai custar R$ 1 milhão porque uma via é mais larga que a outra e demanda mais recursos. Por exemplo, uma grande avenida da cidade vai ficar mais caro recuperar do que uma rua de bairro. Além disso, haverá trecho que será necessário refazer sarjetas, guias e calçadas”, explicou.   

Avenida dos Estados

Paulinho afirmou que a avenida dos Estados, um dos principais e mais castigados viários da cidade, não será contemplada pelo Rua Nova.   

“Temos um projeto para revitalização de toda a avenida, mas ainda estamos em diálogo com o Estado para conseguir investimentos”, comentou o prefeito.

Loading...
Revisa el siguiente artículo