Em SP, ensaio de bloco de rua dependerá de liberação da Prefeitura

Por Estadão Conteúdo
Leon Rodrigues/ SECOM
Em SP, ensaio de bloco de rua dependerá de liberação da Prefeitura

Quem quiser botar o bloco na rua mais cedo em São Paulo vai ter de pedir autorização da Prefeitura. A regra vale para eventos antes de 3 de fevereiro e foi reforçada após tumulto durante ensaio do bloco Minhoqueens, no sábado, dia 20. Marcado em local fechado no centro, o evento excedeu a expectativa de público. A Polícia Militar usou gás lacrimogêneo e balas de borracha para dispersar o ensaio.

A duas semanas do início do calendário oficial de eventos e com dezenas de ensaios de blocos marcados, a Prefeitura de São Paulo diz ter recebido apenas 20 pedidos de autorização – seis ainda estão em análise e até ontem nenhum havia sido indeferido. A Secretaria Municipal de Prefeituras Regionais diz que as informações sobre números de pessoas, data e horário são "imprescindíveis" para a operações como fechamento de vias e limpeza.

Em nota, a Polícia Militar informou que manterá um esquema especial para garantir a segurança dos foliões. Sobre a confusão de sábado com o Minhoqueens, a PM disse que verifica "eventuais excessos."

Loading...
Revisa el siguiente artículo