Com o metrô em greve, saiba como chegar ao trabalho nesta quinta-feira

Por Eliane Quinalia - Metro Jornal São Paulo
Raw Image/Folhapress
Com o metrô em greve, saiba como chegar ao trabalho nesta quinta-feira

A confirmação da greve dos metroviários nesta quinta-feira (18), cuja paralisação afetará as linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 5-Lilás do Metrô, já está deixando muita gente que depende do transporte público de cabelo em pé. Afinal, sem o principal meio de transporte público da capital, como chegar ao trabalho?

Os ônibus funcionam normalmente nesta quinta-feira, mas por conta da greve devem seguir lotados durante todo o dia.

Para quem tem veículo próprio, uma alternativa é recorrer ao carro.

Na noite desta quarta-feira (17), a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes (SMT) suspendeu o rodízio de veículos de passeio. As demais restrições, como a Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC) e a Zona de Máxima Restrição ao Fretamento (ZMRF), além do rodízio de placas de caminhões, entretanto, serão mantidas.

Leia mais:
Entenda por que os metroviários ameaçam entrar em greve manhã
Trens da CPTM funcionam normalmente nesta quinta-feira
Rodízio de veículos e Zona Azul são suspensos após anúncio de greve do metrô
Governo de SP promete operar maior número de estações

O serviço de Zona Azul também será liberado aos usuários.

Para as pessoas que precisam se deslocar em trajetos mais curtos, a bike pode ser uma boa opção ou mesmo a caminhada.

Para quem ainda assim preferir o carro, vale combinar uma carona com os amigos ou vizinhos ou mesmo recorrer a algum aplicativo de transporte, como 99, Uber, Cabify e Easy.

A paralisação está programada para começar à 0h desta quinta-feira (18). A Linha 4-Amarela operará normalmente.

Loading...
Revisa el siguiente artículo