Em ano eleitoral, Estado de São Paulo promete 20 estações de Metrô e trem

Secretário diz que haverá inaugurações em quatro diferentes linhas

Por Metro Jornal São Paulo

Em entrevista concedida ao "Jornal Gente", da Rádio Bandeirantes, o secretário dos Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, disse que o governo vai entregar 20 estações de Metrô e trem neste ano, que terá eleições em outubro. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), quer se candidatar à Presidência da República.

É um número superior ao de anos anteriores. Em 2017, por exemplo, três estações foram inauguradas. Antes delas, a última abertura tinha sido em 2014.

Em setembro do ano passado, o Portal da Transparência do Metrô previa a entrega de outros sete pontos para 2017, mas eles tiveram sua abertura postergada.

Com 80 km de extensão, as linhas de Metrô de São Paulo têm média de 2 km de expansão por ano. Se confirmadas as previsões de Pelissioni, neste ano a cidade ganhará cerca de 20 km a mais (veja o cronograma anunciado no quadro).

Aeroporto de Guarulhos

Na entrevista, Pelissioni também disse que a linha 17-Jade, da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), que vai até o aeroporto de Guarulhos, começa a operar no primeiro semestre, com a entrega das estações Cecap e Cumbica.

Segundo ele, o Expresso Luz, que vai ligar diretamente o centro ao aeroporto, também entra em funcionamento neste ano. 

Metro 1234

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo