Site para parcelar multas atrasadas em São Paulo já está no ar

Por Metro Jornal com Rádio Bandeirantes

A prefeitura de São Paulo abriu, nesta segunda-feira (15), a adesão ao “Programa de Parcelamento de Multas de Trânsito”.

No site do PPM, o proprietário de veículo com multa emitida até 31 de outubro de 2016 que não foi paga pode se cadastrar no sistema.

Os débitos poderão ser parcelados em até 12 vezes e terão 100% dos juros perdoados. A partir da adesão e do pagamento da 1ª parcela, as multas são desvinculadas da placa do carro e atreladas ao CPF do dono ou CNPJ da empresa proprietária.

Com isso, o licenciamento, que ficou travado pelo não pagamento das multas, é liberado imediatamente.

De acordo com o DSV, quase 12 milhões de infrações aplicadas até 31 de outubro de 2016 não foram pagas e, somadas, elas totalizam R$ 2,2 bilhões.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo