Número de estrangeiros em escolas da rede estadual cresce 15% em SP

Por Rádio Bandeirantes

O número de estrangeiros matriculados em escolas da rede estadual de ensino de São Paulo cresceu 15% apenas em 2017 na comparação com o ano anterior.

Os bolivianos são a maioria – mais de 4 mil – e na sequência aparecem japoneses, angolanos e haitianos.

A crise econômica em alguns países, guerras e desastres naturais motivam a chegada, segundo o executivo público da Secretaria Estadual da Educação.

Em entrevista à RB, Rafael Salgado revelou que o Estado tem recebido nos últimos meses mais imigrantes da Venezuela, Haiti, Síria e Congo.

Os adultos matriculados recebem, além de alfabetização em português, ferramentas para a inserção no mercado de trabalho.

De 2010 pra cá, o número de estrangeiros na rede estadual de ensino saltou de 5,7 mil para 10,3 mil: um aumento de 80%.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo