Campanha deve imunizar 6,3 milhões de pessoas contra febre amarela

Por Band.com.br

A vacina fracionada contra a febre amarela será aplicada a partir do dia 3 de fevereiro em 52 cidades do Estado de São Paulo. A campanha vai até dia 24 do mesmo mês e tem o objetivo de imunizar 6,3 milhões de pessoas.

A dose será dividida para imunizar o maior número de pessoas. Na capital, a prioridade está nas áreas de risco – que são os bairros próximos aos parques – onde macacos mortos foram encontrados com o vírus da doença.

Outras regiões vão receber a proteção fracionada, assim como as cidades de Bertioga, Caraguatatuba, Cubatão, Guarujá, Ilhabela, Itanhaém, Santos, Peruibe, Praia Grande e Mongaguá, na Grande São Paulo.

Capacitação

Municípios como Santo André, São Bernardo, Diadema, São José dos Campos, Taubaté e Aparecida, entre outros, também fazem parte da campanha contra a doença.  A relação completa das 52 cidades está nas redes sociais da Rádio Bandeirantes.

Ao todo, 11 pessoas morreram em Mairiporã com suspeita de terem contraído febre amarela, mas, por enquanto, nenhum dos casos foi confirmado. Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, a doença já causou 13 mortes na Grande São Paulo desde janeiro de 2017.

Em reunião de representantes do governo paulista e integrantes da prefeitura de Mairiporã na última terça-feira (9), ficou definido que especialistas do Hospital das Clínicas e do Instituto Emílio Ribas vão capacitar médicos e enfermeiros do município.

O objetivo é que os profissionais estejam preparados para diagnosticar, com rapidez, eventuais casos de febre amarela, conforme explicou em entrevista na sede da prefeitura de Mairiporã a secretária municipal de Saúde, Grazielle Bertoline.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo