IPTU de 2018 em São Paulo; veja como pagar

Por Metro Jornal
Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas
IPTU de 2018 em São Paulo; veja como pagar

2018 começou e com ele as responsabilidades financeiras típicas do início do ano. E uma delas é justamente o IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano), que deve ser pago por quem tem propriedades em zonas urbanas.

Se você mora em São Paulo e já está se preparando para quitar o imposto, é bom ficar atento às opções que podem facilitar o pagamento. Confira a seguir dicas e informações úteis para ficar em dia com o IPTU de 2018:

Leia mais:
Passa projeto que eleva IPTU em São Paulo só pela inflação
Câmara de Santo André aprova limite para aumento do IPTU

Consultar valor do IPTU 

Consulta IPTU Reprodução

O primeiro passo para não ser pego de surpresa é saber qual o valor a ser pago. O IPTU é calculado a partir do tamanho do terreno.

Para consultá-lo e saber qual o valor a ser pago em 2018 é preciso acessar o site da Prefeitura e entrar na área correspondente às informações sobre o imposto. É importante também saber o seu número de contribuinte.

Apesar do IPTU 2018 ainda não estar disponível para consulta, já que o acesso não foi liberado, o valor poderá ser visto em breve.

Opções de Pagamento

Há duas opções para o pagamento do IPTU:

  • À vista – essa opção garante desconto, desde que o pagamento seja feito até o vencimento;
  • Parcelado – nesse caso, o parcelamento pode ser feito em 10 prestações com valores iguais e sem juros.

É importante ressaltar que, se o vencimento cair em um feriado ou em um dia sem expediente bancário, o pagamento pode ser feito no dia útil seguinte. Nesse caso, não há cobrança de juros.

E mesmo que haja algum atraso nas parcelas, o pagamento poderá ser feito com os devidos juros. Essa é uma opção válida desde que o débito não seja inscrito na Dívida Ativa.

Como pagar o IPTU

O pagamento do IPTU 2018 pode ser feito por uma das seguintes opções:

  • Código de barras – os boletos são enviados pela Prefeitura ou podem ser emitidos pela internet;
  • Terminais de autoatendimento – o pagamento pode ser feito nos Caixas Eletrônicos;
  • Débito automático – essa opção é válida desde que o cadastro seja feito pelo próprio contribuinte;
  • Pagamento Online – dispensa o boleto desde que seja fornecido o número de cadastro do imóvel.

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo