Recapeamento na avenida Jabaquara, em SP, traz transtornos

Por Bruna Barboza/Rádio Bandeirantes
Bruna Barboza/Rádio Bandeirantes
Recapeamento na avenida Jabaquara, em SP, traz transtornos

A prefeitura de São Paulo promete melhorias na Avenida Jabaquara até a primeira semana de fevereiro. Toda extensão passa por obras de recapeamento, nos dois sentidos.

O técnico em informática Cláudio Fredich é ciclista e morador do bairro Saúde desde criança. Ele procurou a reportagem da Rádio Bandeirantes para relatar problemas na via.

 “É o meu trajeto todos os dias. Ela é muito ruim, cheia de ondulações. É um trecho que a gente fica muito exposto”. Além das ondulações, também há muito buraco e pintura antiga das faixas de pedestre e bicicletas.

 Segundo a CET, as faixas de ônibus e ciclovias também serão reformadas, assim como as sarjetas das calçadas. Próximo à Avenida Jabaquara, na rua Alameda dos Guatás, há outra ciclo faixa visivelmente descuidada: pintura falha, mato, excesso de buracos e asfalto desigual.

Em nota, a Secretaria de Mobilidade informou ter iniciado um estudo das condições das ciclovias da capital para melhorar o serviço existente. Também foi dito à RB que, além da correção das falhas, uma das metas é garantir a “conectividade entre as rotas de bicicletas e de transporte coletivo”.

As obras de recapeamento da Avenida Jabaquara, que deveriam ser entregues na semana que vem, serão finalizadas em fevereiro por “necessidade de realizar reparos profundos”. A reportagem não teve resposta para os questionamentos sobre a qualidade e um possível calendário para melhoria da faixa na Alameda dos Guatás.

A prefeitura também não respondeu quantas ciclofaixas e ciclovias já foram reformuladas até o momento e o número total do serviço na capital. De acordo com a CET, todas as vias que passam por recape terão a sinalização refeita após os reparos.

Loading...
Revisa el siguiente artículo