Comerciantes reclamam de ação da GCM na Feirinha da Madrugada

Por Band News

Comerciantes da Feirinha da Madrugada, no bairro paulistano do Brás, alegaram que a Guarda Civil Metropolitana agiu com truculência na madrugada deste sábado (30) para impedir a abertura dos boxes.

Segundo testemunhas, os agentes chegaram pouco depois da meia noite e não apresentaram nenhuma ordem judicial.

Leia mais:
Brasileiro é preso na Venezuela acusado de ser espião da CIA
Rússia prende autor de atentado em supermercado de São Petersburgo

Alguns comerciantes disseram que a GCM agiu com apoio operacional da tropa de choque da Polícia Militar, com o objetivo de retirar os trabalhadores do local.

Vicente Florence, um dos trabalhadores que presenciou a ação policial, lamentou pelas crianças que estavam no tumulto. "Estão querendo nos tirar a força, sendo que todos os comerciantes estão com filhos, algumas estavam dormindo nos boxes. Eles não tiveram respeito com as crianças", critica.

Jeremias Ferreira dos Santos confirmou a violência: "muitas mulheres e crianças estavam aqui quando eles chegaram na feira e invadiram sem nenhuma ordem judicial." Ele ainda lembrou que todos os 4 mil comerciantes da Feirinha da Madrugada pagaram à Prefeitura mais de R$ 20 mil para utilizar o espaço. O acordo foi feito com a gestão passada e todo o recurso levantado foi utilizado para melhorias de infraestrutura e segurança do local.

No início do mês a Câmara Municipal encerrou, após seis meses de investigações, a “CPI da Feirinha da Madrugada”. Os parlamentares concederam ao consórcio dos comerciantes o direito de administrar o espaço pelos próximo 35 anos.

Na última quarta-feira (27), os trabalhadores fecharam uma das faixas da avenida do Estado durante um protesto contra o fechado de alguns estandes.

A Feirinha do Brás é o maior comércio popular da América Latina e atende todos os dias cerca de 25 mil pessoas.

A BandNews FM entrou em contato com a Secretaria Municipal de Segurança Urbana e ainda aguarda um posicionamento sobre a ação da GCM nesta madrugada.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo