Comandante-geral da PM diz que é 'humanamente impossível' combater todos os 'pancadões' em SP

Por Rádio Bandeirantes
Divulgação
Comandante-geral da PM diz que é 'humanamente impossível' combater todos os 'pancadões' em SP

O comandante-geral da Polícia Militar Nivaldo César Restivo afirmou, nesta quarta-feira,  ser "humanamente impossível" mapear e combater todas as ocorrências dos chamados "pancadões" em São Paulo.

Em entrevista à Rádio BandNews FM, o coronel  disse ter o registro de 256 pontos da capital paulista com bailes funk a céu aberto.

 Segundo o comandante-geral da PM, entre 22 e 26 de dezembro, o número de chamadas para coibir os pancadões aumentou 83% em comparação ao mesmo período de 2016.

De acordo com o coronel Nivaldo César Restivo, além do efetivo insuficiente de policiais, existe também a prioridade dada às ocorrências de maior risco para a vida das pessoas.

 O comandante-geral da PM pondera que é preciso compreender a "complexidade do problema", sendo necessário, em muitos casos, fazer uma análise de risco antes da intervenção ou da prevenção aos bailes.

Loading...
Revisa el siguiente artículo