Universidade Federal do Acre processa educador que se fantasiou de 'negão do WhatsApp'

Por Metro Jornal
Reprodução
Universidade Federal do Acre processa educador que se fantasiou de 'negão do WhatsApp'

O professor de medicina Giovanni Casseb causou polêmica na semana passada depois de se fantasiar do meme "negão do WhatsApp". Agora, a Universidade Federal do Acre (Ufac), onde ele trabalha, informou que foi instaurado um processo administrativo para apurar a conduta do educador com relação ao ocorrido.

Depois que as fotos de sua "performance" foram parar na web, ele virou notícia e foi acusado de racismo por inúmeros internautas, rendendo muita discussão.

Leia mais:
Pesquisa mostra que 40,3% das pessoas acham que situação financeira melhorou
Star Wars está no ranking das senhas mais usadas pelas pessoas na web

Segundo os alunos da universidade, Giovanni é conhecido por interpretar personagens diferentes e até inusitados durante suas aulas.

A comissão da Ufac que vai apurar o caso deverá contar com um técnico, um docente e um aluno. Com a avaliação, será possível indicar se o professor deve ou não sofrer algum tipo de sanção.

Loading...
Revisa el siguiente artículo