Repórter da Band sofre ameaça de agressão de procuradora em Uberlândia

Por Band.com.br

Um repórter da Band quase foi agredido por uma procuradora em Uberlândia, em Minas Gerais, quando fazia uma reportagem sobre o aumento de salários dos vereadores da cidade.

Questionada sobre os motivos que levaram à aprovação do aumento salarial, a procuradora jurídica da Câmara Municipal, Alice Ribeiro, arrancou o microfone das mãos do repórter Ricardo Martins e ainda ameaçou processá-lo.

Reajuste

A Justiça suspendeu o reajuste salarial de 20% que tinha sido aprovado pelos próprios políticos.

O aumento de R$ 3 mil foi votado pelos vereadores na última quinta-feira. Os salários subiriam de R$ 15.031,62 para R$ 18.007,88 por mês a partir de janeiro.

A Justiça de Minas suspendeu o reajuste depois de uma ação popular movida por um grupo de advogados.

Dos 26 vereadores de Uberlândia, só quatro votaram contra o reajuste. Além do salário, eles recebem R$ 10 mil para cobrir custos com os gabinetes.

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Band. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. A Band poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo