Vai viajar? Não esqueça de usar cinto de segurança e cadeirinha para evitar multas

Por Metro Jornal

Você sabia que o uso do cinto de segurança é obrigatório dentro do perímetro urbano? Além de salvar vidas, usar esse item  durante um simples passeio ou até mesmo em viagens pode garantir ainda uma boa economia para o seu bolso.

Segundo o CTB (Código de Trânsito Brasileiro), não usar o cinto de segurança é uma infração grave. A multa é de R$ 195,23 por pessoa e o valor pode ser quadruplicado caso o veículo esteja com os quatro bancos ocupados e todos estejam sem o cinto. Além da multa, o motorista perde cinco pontos na carteira com a infração.

Leia mais:
Segurança do Guarujá vai receber reforço de 100 policiais em Operação Verão
Trump anuncia estratégia bélica e unilateralista para a segurança nacional

Por isso, é importante não se descuidar do uso do dispositivo de segurança para que a viagem seja tranquila. E, no caso de crianças com até 10 anos, por exemplo, além do cinto ser indispensável, é preciso que elas viajem apenas no banco traseiro.

Já crianças com até sete anos e meio precisam ser transportadas no banco de trás e dentro de uma cadeirinha. A não utilização da cadeirinha também é considerada uma infração gravíssima pelo CTB e a multa é  R$ 293,47, além de sete pontos na carteira de habilitação.

Então, se for viajar ou passear, não esqueça de manter a segurança em primeiro lugar.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo