Família acusa polícia de trocar roupa de rapaz morto para forjar ligação com traficante

Por Marcelo Ruiz

A família de um adolescente baleado e morto durante uma operação policial na Rocinha no sábado (16) afirmou, neste domingo (17), que o rapaz de 15 anos não usava uma bermuda com menção a Rogério 157, criminoso que iniciou uma guerra na comunidade para tentar tomar o controle do tráfico.

Guilherme Silva foi atingido nas costas por um tiro de fuzil quando ia jogar bola com amigos.

Em uma imagem divulgada pela Polícia Militar do Rio de Janeiro, Guilherme aparece com uma bermuda vermelha com a inscrição "Amigos do Rogério", em referência ao traficante, preso no início de dezembro.

A família disse ainda que não pôde se aproximar do corpo do jovem e que os policiais trocaram a roupa que ele usava.

O corpo de Guilherme Silva será sepultado nessa segunda-feira (18) no Cemitério São João Batista, na zona Sul do Rio de Janeiro.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo