Anéis de latinhas podem virar cadeiras de rodas para crianças em São Paulo

Por Metro Jornal São Paulo

Se você juntar e doar os anéis das latinhas de bebida, uma criança vai estar um pouco mais perto de ganhar uma cadeira de rodas. Se contar para os seus amigos, um pouco mais. Se eles contarem para os amigos deles, mais ainda. No fim, o caminho fica tão simples que dá até para se arrepender de não ter começado a ajudar antes.

O trabalho é simples: o Instituto Entre Rodas reúne os anéis doados, vende para empresas de reciclagem e compra cadeiras de rodas com o dinheiro arrecadado. Difícil mesmo é reunir 3,2 milhões de anéis, a quantidade necessária para uma cadeira própria para crianças de 5 a 14 anos, que são o foco do projeto.

A grande quantidade já levou muita gente a duvidar  que as doações iam mesmo para algum lugar.

Pensando nisso, o instituto lançou a campanha #NaoÉMito, para mostrar que as cadeiras realmente chegam para as crianças. Ao todo, 25 cadeiras feitas sob medida e com as cores preferidas de cada um já foram entregues.

Além da campanha nas redes sociais, um ponto de coleta foi montado na avenida Paulista, no Centro Cultural Fiesp, até domingo.

Hélio Marchezoni, 49 anos, passou no ponto para doar depois de ouvir que o projeto realmente tinha um resultado.

“Se todo mundo doar um pouco, conseguimos dar as cadeiras às crianças mais rápido” afirmou.

A meta do instituto para o ano que vem é doar 180 cadeiras. Para ajudar, vale guardar o anel da sua lata, lembrar os amigos de fazer o mesmo ou colaborar em dinheiro pelo site www.entre rodas.org.   

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo